Sábado, 28 de Abril de 2007

Para não esquecer...

 Reforma Agrária
 verdadeira conquista de Abril

 Ao longo do tempo sucessivos governos do Partido Socialista e do Partido Social-democrata, produziram legislações que foram retirando aos trabalhadores as melhores terras, gados, meios de produção e colheitas, entregando-os aos antigos latifundiários, até asfixiarem completamente a Reforma Agrária, uma das mais belas conquistas de Abril.

Este espaço pretende reviver os tempos aureos da Reforma Agrária Portuguesa, para isso peço a contribuição de todos os visitantes de esquerda que realmente possam ajudar com matéria sobre o assunto, perante a disponibilidade facultarei um email para o efeito. Fico esperando vosso apoio.

 

Viva a Reforma Agrária

Reforma Agrária editou às 12:10

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De carlos a 23 de Julho de 2007 às 10:34
Fez dia 22 de Julho 30 anos da Lei Barreto. Nãoe squeceremos
De editou a 23 de Julho de 2007 às 17:17
Obrigado Carlos pelo seu comentário, nós não esqueceremos essa lei nem a Reforma Agrária Portuguesa apesar do pouco tempo que a deixaram viver e dos problemas que a obrigaram a enfrentar.
De Anónimo a 9 de Maio de 2009 às 19:34
não podemos esquecer uma das mais belas conquistas de Abril.

estive entre 25 de Abril e o 1º de Maio na região de Serpa, para um pequeno trabalho de recolha oral de testemunhos sobre a reforma agrária
neste momento estou a pensar fazer um documentário sobre este tema.
De António Carvalho a 16 de Novembro de 2010 às 20:57
«A terra está cá e os homens para a trabalhar também» disse o Secretário Geral do Partido Comunista Português, Gerónimo de Sousa, na sua visita ao Concelho de Avis, no mês de Agosto. E defendeu ainda - «O Alentejo precisa de uma nova Reforma Agrária» e onde também reafirmou a necessidade de o País produzir para sair da situação em que se encontra.
A Reforma Agrária teve e continua a ter um simbolismo ´Histórico na Revolução do 25 de Abril de 1974! a que, o Pai da política de direita, e da contra-Revolução , Mário Soares, e o seu ministro da Agricultura, António Barreto e seus «fiéis seguidores» se comprometeram com os grandes agrários-latifundiários parasitários, a destruir a Reforma Agrária que os trabalhadores agrícolas do Baixo e Alto Alentejo e também do Ribatejo, vinham construindo com muita dedicação e patriotismo! Disse

Comentar post

pesquisar

 

Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Artigos Recentes

Eu contribui para a Refor...

Imagens para recordar

A LEI DA TERRA (1977)

Levantado do Chão

Reforma Agrária – A mais ...

Lino de Carvalho conta hi...

história da Reforma Agrár...

A liberdade sonhada, a li...

estamos em greve

Relembrando a Reforma Agr...

Arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Maio 2012

Novembro 2010

Agosto 2010

Fevereiro 2008

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags